NCE/UFRJ
Braille Fácil 3.5a

Bandeira brasileira Governo do Brasil


Clique aqui para obter o Braille Fácil

que possibilita a impressão através dos drivers específicos dos equipamentos de impressão, o que é importante para imprimir em equipamentos conectados por USB.

O Braille Fácil 3.5 implementa também o comando <F*> através do qual é possível embutir no texto, uma cópia da área de transferência ou arquivo de música proveniente do programa Musibraille, sendo também compatível com a geração de gráficos do programa Monet.


-- Braille Fácil --

O programa Braille Fácil permite que a criação de uma impressão Braille seja uma tarefa muito rápida e fácil, que possa ser realizada com um mínimo de conhecimento da codificação Braille. Através do Braille Fácil, tarefas simples como impressão de textos corridos são absolutamente triviais.

O programa é composto de

  • editor de textos integrador
  • editor gráfico para gráficos táteis
  • pré-visualizador da impressão Braille
  • impressor Braille automatizado
  • simulador de teclado Braille
  • utilitários para retoque em braille
  • utilitários para facilitar a digitação

    O texto pode ser digitado diretamente no Braille Fácil ou importado a partir de um editor de textos convencional. O editor de textos utiliza os mesmos comandos do NotePad do Windows, com algumas facilidades adicionais. Uma vez que o texto esteja digitado, ele pode ser visualizado em Braille e impresso em Braille ou em tinta (inclusive a transcrição Braille para tinta).

    A digitação de textos especiais (como codificações matemáticas ou musicais) pode ser feita com o auxílio de um simulador de teclado Braille, que permite a entrada direta de códigos Braille no texto digitado. O editor possui ainda diversas facilidades que agilizam muito a inserção de elementos de embelezamento ou o retoque de detalhes do texto Braille. É possível a criação de desenhos táteis através de um editor gráfico simples.


    -- Como instalar a versão --

    Tela de apresentação do Braille Fácil


    Pegue aqui o Braille Fácil 3.5a

    ou a penúltima versão estável: Braille Fácil 3.4

    A instalação é bem simples: execute o programa que foi baixado. Normalmente não é preciso alterar nada no processo de instalação, devendo-se clicar simplesmente em "avançar" a cada confirmação pedida.

    Instalação de impressoras que usam driver de impressão, em particular aquelas ligadas a USB:

  • instale o driver da impressora, antes de conectar a impressora.
  • conecte a impressora, ligue e deixe o driver fazer o primeiro contato com ela.
  • inicie o braille fácil e acione o menu de configurar impressora braille: informe o tipo e selecione a opção para ligação em PRN.
  • quando for imprimir, será aberta uma janela para escolha da impressora. Escolha aquela que corresponder ao driver que foi instalado.

  • configure também o número de linhas de impressão física como sendo um a mais do que o número de linhas da configuração de parâmetros de impressão, tanto no menu de configuração de impressora quanto nas chaves de configuração da própria impressora.

    Nota:
    Esta versão do Braille Fácil não permite a configuração física da impressora. Você terá que usar os botões da impressora para selecionar os parâmetros de impressão. Consulte o manual do equipamento para fazer esta configuração corretamente. Em particular,

    Para antigos usuários do Braille Fácil: pode instalar em cima da versão 3.0 ou anterior, não há problema.

  • Pegue aqui o Manual do Braille Fácil

    Pegue aqui o programa Monet

    O Monet é um fantástico editor gráfico para produção tátil, cujo resultado é totalmente compatível com o Braille Fácil. É possível embutir ou incluir gráficos na página de textos, gerando um material final de grande beleza gráfica. O uso do Monet também viabiliza a criação de gráficos matemáticos simples com grande rapidez.

    Pegue aqui o Manual do Desenhador Monet

    Pegue aqui o Manual do antigo programa de pintura: Braille Pintor


    -- Implementações introduzidas --

    O Braille Fácil 3.5a implementa o comando <F*> através do qual é possível embutir no texto, uma cópia da área de transferência ou arquivo de música proveniente do programa Musibraille, sendo também compatível com a geração de gráficos do programa Monet.

    Clique aqui para conhecer os detalhes da implementação do Braille Fácil 3.1

    Clique aqui para conhecer os detalhes da implementação do Braille Fácil 3.0


    -- Equipe responsável pelo desenvolvimento --

    O Braille Fácil foi criado por

    José Antonio Borges
    Geraldo José Chagas Jr.

    Projeto Dosvox
    Núcleo de Computação Eletrônica da UFRJ


    O Monet foi criado pela OSCIP Acessibilidade Brasil.

    Guilherme Lira - Gerência de projeto:

    Fabio Oshiro - Análise e programação

    José Antonio Borges - Consultor


    Suporte técnico especializado para a criação das versões 3.0 e 3.1

    Ana Cláudia da Silva Carneiro - Chefe do Departamento de Imprensa Braille do Instituto Benjamin Constant

    Minoru Nagahashi - Responsável pela Informática da Imprensa Braille da Fundação Dorina Nowill

    Carlos Ferreira - Consultor técnico do Ministério da Educação - Portugal


    -- Homenagens especiais --

    O Prof. Jonir Bechara da Comissão Brasileira de Braille, foi o principal impulsionador do desenvolvimento do programa Braile fácil, e em particular um dos principais motivadores pela criação da versão do transcritor do Braille Unificado Brasil-Portugal, tendo gerado as orientações técnicas mais relevantes sobre o processo de transcrição durante o desenvolvimento deste programa.

    Um agradecimento especial ao grupo de transcritores e revisores do Instituto Benjamin Constant e da Fundação Dorina Nowill, pelas críticas construtivas e testes exaustivos do sistema. Graças a estes dedicados e competentes grupos foi possível a criação de um programa bastante robusto e que dá solução para um número enorme de dificuldades inerentes ao processo de impressão Braille.

    Nosso agradecimento ao empenho do Analista de Sistemas Carlos Ferreira, pela paciência com que conduziu a especificação dos novos requisitos do Braille Fácil para que este atendesse às características diferenciadas da impressão Braille em Portugal.


    -- Quem é o detentor dos direitos sobre o Braille Fácil? --

    Os direitos autorais do programa Braille Fácil pertencem ao Instituto Benjamin Constant.

    Este programa foi produzido com recursos provenientes do FNDE para os projetos do Livro Didático em braille e dos Centros de Apoio Pedagógico do MEC - Brasil.

    Os recursos para as melhorias da versão 3.1a foram obtidas através de um contrato de desenvolvimento com a Fundação Dorina Nowill.

    O Braille Fácil é distribuído gratuitamente.

    Clique aqui para conhecer o projeto CAP


    Cartinha Envie carta para Antonio Borges

    Logotipo do NCE Gerado automaticamente pelo sistema InterCAP
    Copyright (c) 2002 - NCE/UFRJ - Projeto DOSVOX