Projeto Musibraille Equipe responsável               Patrocínio da Petrobrás



-- Dolores Tomé --

Foto de Dolores Tomé e seu aluno Gabriel Fernando

Dolores Tomé, flautista licenciada em Educação Musical pela Universidade de Brasília - UnB, Mestre em Ciências da Educação, Doutoranda em Informação e Comunicação em Plataformas Digitais - ICPD, Universidade do Porto, foi coordenadora de Musicografia Braille por muitos anos da Escola de Música de Brasília e Diretora de Cultura Inclusiva da Secretaria de Estado de Cultura do Distrito Federal.

É filha de João Tomé, músico cego, com quem aprendeu as primeiras noções do Braille. Com sua vocação para o magistério e estimulada pelo exemplo paterno, desde 1985 vem se dedicando ao ensino de música para deficientes visuais, tendo-se tornado uma das pessoas com maior conhecimento no Brasil sobre Musicografia Braille e Educação musical para cegos.

"A educação fornece aos deficientes visuais melhores meios para ganhar a vida",
escreve em sua dissertação de Mestrado. E, da teoria à prática, vive em constante investigação sobre Arte, diversidade e inclusão sociocultural.


-- José Antonio Borges --

Foto de Antonio Borges

José Antonio Borges, embora vidente, concentrou seus esforços e conhecimentos de computação em um projeto de ensinar deficientes visuais a usar o computador. Hoje, o Projeto DOSVOX é uma realidade nacional e internacional, pois é um Sistema Operacional para Deficientes Visuais que primeiro sintetizou, vocalmente, textos genéricos na língua portuguesa.

José Antonio é o Coordenador do Projeto DOSVOX, do Núcleo de Computação Eletrônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro e autor do sistema Braille Fácil. O sistema Braille Fácil é o Sistema mais utilizado para impressão Braille, no Brasil, e foi produzido para o Instituto Benjamin Constant, com apoio do FNDE.

Por uma feliz e produtiva parceria com Dolores Tomé, José Antonio está desenvolvendo o Projeto Musicografia Braille.

Incansável, José Antonio também coordena outros projetos, como o MOTRIX, que permite que o computador seja controlado por pessoas com tetraplegia, apenas pela voz, e o MICROFÊNIX, para uso por pessoas com deficiências motoras muito incapacitantes.


Cartinha Envie carta para Dolores Tomé e Antonio Borges

Logotipo do NCE Gerado automaticamente pelo sistema InterCAP
Copyright (c) 2002 - NCE/UFRJ - Projeto DOSVOX


Apoio e Patrocínio